quinta-feira, 20 de maio de 2010

A internet mora ao lado

Presença de tecnologias de informação nos lares brasileiros está mais forte

Por Luiz Alberto Marinho - Revista Gol - no. 98 - maio 2010


A internet e os celulares estão ganhando cada vez mais espaço nas residências dos brasileiros. O Comitê Gestor da Internet no Brasil, entidade mista composta de representantes do governo e da sociedade civil, anunciou recentemente os resultados da pesquisa que avalia a penetração de tecnologias de informação e comunicação nos lares brasileiros. Para dar uma idéia da abrangência desse estudo, basta dizer que foram feitas cerca de 21.500 entrevistas em todo o país, tanto na área urbana quanto na rural. Os resultados mostraram que os anos de vaca gordas na economia produziram avanços importantes.

Os equipamentos mais comuns nos domicílios ainda são os mesmo - 98% das moradis urbanas possuem ao menos uma TV e 86% contam com rádio. Porém, outros itens ganharam espaço, como o celular, presente em 78% das nossas casas. Curiosamente, o número de usuários de telefones móveis é bem maior que a quantidade de donos de aparelhos - 75% dos brasileiros usaram um celular em 2009, embora somente 59% possuem um. Isso acontece porque muitos lugares o telefone é compartilhado, especialmente nsa classes C, D e E. O alto custo das ligações é uma barreira que faz com que 90% dos nossos planos sejam pré-pagos. O preço da telefonia móvel também explica por que apenas 6% dos brasileiros usam o celular para acessar a internet. Na classe A esse índice sobre para 23%. Outro reflexo do peso do celular no orçamento dos brasileiros é o aumento do uso da telefonia fixa, que vinha caindo desde 2005, mas subiu no ano passado.

Mas destaque mesmo merece o aumento da penetração dos computadores e da internet nos lares brasileiros. Hoje cerca de um terço dos nossos domicílios possui um computador e 26% das casas acessam a internet. Para entender esse avanço, basta olhar para a taxa de crescimento dos computadores na baixa renda - ela chegou a 65% ao ano nos últimos cinco anos. O acesso à internet cresceu 95% ao ano no grupo com renda entre dois a três salários mínimos. Mesmo assim, ainda existe algo em torno de 5 milhões de lares com computador e sem acesso à web, o que mostra o grande potencial da internet no país.

Outra novidade é a ascensão do acesso à internet em casa. Desde o início do fenômeno das lan houses, em 2007, esta é a primeira vez que os domicílios foram mais usados pelos internautas do que os locais públicos de acesso pago. Com relação ao comércio eletrônico, 19% dos entrevistados já compraram produtos e serviços pela internet. Porém, 52% usaram a rede para pesquisar preços, o que confirma a tese de que dar as costas para a internet pode atrapalhar bastante as vendas nas lojas físicas.

Prezados e Prezadas, o que esses fatos vão influenciar no comportamento do consumidor e na publicidade em geral?

43 comentários:

  1. O aumento de acessos à internet é realmente assustador, para qualquer coisa que prtendemos fazer hoje em dia ligamos e computador e fazemos, sejam elas: pesquisas de estudo, tradução para qualquer outra lingua, sites de relacionamento, noticias, noticias de ultima hora, pesquisa de preços, mapas e localizações, telefones uteis, etc. Tudo passa pela internet. Pode ser muito comodo para quem ja trabalha em frente a um computador ter todas as informações ali na sua frente, e não só nacionais, como também internacionais, de qualquer parte do mundo. O acesso está se tornando cada vez mais rápido e as conexões melhoram a cada dia. Com esse nítido aumento e com as várias informações e serviços encontrados na internet, há uma variação no comportamento das pessoas que passam a dedicar mais horas por dia em frente a um computador. O comportamento de compra também muda e consequentemente as publicitarios devem também mudar a maneira de fazer propaganda. É uma área ainda por explorada no Brasil mas que deve ganhar um impulso em reve, pois o comportamento de consumo vem mudando a cada dia e as propagandas precisam se adequar a isso. As pessoas não precisam mais sair de casa para fazer qualquer tipo de compra, e quando saem já vão a um lugar específico, então se o serviço está na internet a propaganda também deve estar e de forma clara e objetiva para atingir o consumidor internauta.



    Jordana de Matos Mori Barros
    7º período/ manhã.
    Publicidade e propaganda.

    ResponderExcluir
  2. É certo dizer que o mundo esta vivendo um dos melhores momentos nos avanços tecnologicos, a cada dia que se passa observamos e escutamos fortes tendencias de que a internet se tornou um grande aliado aos consumidores, poisn eles estao cada vez mais utilizando deste meio para realizarem suas compras e pesquisas a respeito do produto que querem comprar.Hoje podemos afrmar que a internet vem mudando o comportamento do consumidor com relaçao ao mercado de consumo, eles estao ficando cada vez mais informados e exigentes assim obrigando empresas a trabalharem conforme as necessidadees de seus clientes.agora, cabe aos profissionais de mkt, a explorarem mais esta ferramenta de sucesso passando uma confiança e comodidade aos usuarios, ja que muitos deles teem ainda um certo receio em relaçao a intenet.
    Walisson Ap.
    7°pp noite

    ResponderExcluir
  3. Um consumidor cada vez mais interessado em pesquisar preços, analisar vantagens e qualidades dos produtos. Vantagens em formas de pagamento, busca pelo melhor custo x benefício.

    O maior acesso à Internet traz ao público das classes C, D e E uma nova janela de oportunidades e conhecimentos. O rápido aumento de tecnologia, traz para a mão do consumidor o acesso à internet. Pelo celular, é mais fácil e rápido pesquisar preços e conhecer novas marcas. A escolha está a um toque ou um clique como preferir.

    É fato que o acesso à internet no Brasil está sendo democratizado, o crescimento econômico favorece isso e algumas políticas de inclusão digital das classes C, D e E tem contribuído muito para esse fenômeno.

    ResponderExcluir
  4. Com o aumento da tecnologia digital,as pessoas estão cada vez mais preocupadas a se conectar ao mundo.Por isso é muito normal as classes mais baixas tambem pertencerem a esse tipo de preocupação,pois ninguem quer se sentir excluido da sociedade.
    Com a internet tudo é mais rapido;a informação,as oportunidades e as compras e vendas e o consumidor tem a liberdade de poder escolher a marca e o produto que ele acha melhor,na internet todos podem ser o que querem por isso essa grande valorização da mesma.


    Fernanda Vignoli Federmann
    7 periodo /manha

    ResponderExcluir
  5. Isso provavelmente deve influenciar na decisão dos consumidores,pois agora aumentando o acesso a internet, eles estão descobrindo novas maneiras de fazer pesquisas e compras pela rede.E a tendência é que esse acesso aumente cada vez mais.Sendo assim as empresas tb devem começar a investir mais nesse área, e quem ainda não investe deve começar.É importante que as agencias fiquem de olho nessa tendência, para aproveitas mais essa oportunidade que está surgindo.


    Sérgio Augusto 7º PP manhã.

    ResponderExcluir
  6. Acredito que para a publicidade, as áreas de divulgação na internet sejam um pouco mais restritas para alguns produtos. Para entender isso, é só pensar como e onde uma empresa de comida chinesa poderia se inserir por exemplo. Acho que produtos relacionados a tecnologia têm mais lugar, assim como produtos importados e livros. Pensar na inserção de um cliente na internet, não é apenas usar mailing, mas localizar os interesses de seu publico e arriscar. Pois, mesmo que respostas negativas sejam quase impossíveis, ainda existe a grande possibilidade do alcance ser mínimo. O que nos salva, é que os valores de uma inserção na net ainda são irrizórios, portanto, vale a pena o risco.

    ResponderExcluir
  7. Ahhh,
    a aluna esquecida aí em cima é a: Josiele, 7º PP- Noite

    ResponderExcluir
  8. Sem dúvida estamos vivenciando uma revolução digital, com o uso constante dos recursos da informática e principalmente da Internet. Revolução principalmente no Brasil na classe C, D e E com a facilidade de compras para estas classes com a liberação de credito no mercado facilitou tudo, sendo tudo dividido em suaves prestações, as sociedades de massas esta cada vez mais exigentes e com mais informações isto graças a rapidez que a informação chega e ao acesso a tudo.
    Essa transformação acelerada também faz mudar ou afirmar alguns conceitos sociais, criando novas comunidades e unificando todas as sociedades numa só ao mesmo tempo. Isso provoca um repensar da sociologia. Agora existe realmente uma sociedade, pois pensamos e refletimos sobre os mesmo aspectos com a mesma rapidez.

    A facilidade de compra de aparelhos de tecnologia como celulares, computadores, gps, etc; agrega a valores de conhecimento e acessos, cria-se uma integração mais efetiva entre a educação e a tecnologia e isso só se dará se estes novos meios olhar para o futuro que está sendo modelado a cada momento e numa velocidade surpreendente, valores que a menos de um ano era considerados verdadeiros, hoje estão ultrapassados, classes que eram consideradas menos favorecidas hoje possui um poder de compra maior.

    Fernanda Monteiro 7º pp/noite

    ResponderExcluir
  9. Assim como nas outras reportagens, o mercado enxergou na classe C, D e E, um mercado em ascenção. Dessa forma, são feitas inúmeras formas para a aquisição de eletroeletrônicos. Isso sem contar as campanhas para a compra destes produtos.
    A internet não faz separação entre classe social, credo religioso, conta bancária. Você poderá acessar a rede facilmente, por apenas 1 real.
    Toda a sociedade está sofrendo o impacto da modernização, da globalização, da influência das redes sociais.
    Ler reportagens como esta, significa que o mercado está se adaptando, está crescendo, disponibilizando mecanismos de compra para todas as classes.

    ResponderExcluir
  10. A tecnologia agora está focando em aparelhos pequenos, de fácil acesso e com portabilidade móvel, isso é magnífico. Hoje em dia, não precisamos mais sair de casa para fazer compras, tendo um celular com acesso à internet, tudo fica mais simples e ágil.

    A internet não tem divisão de classes sociais, ela está ali e entra quem quiser, por isso, é uma forma muito positiva de as classes C,D e E, ficarem mais próximas da A e B, pois ali, todos são "iguais".

    Estamos em um mercado novo, mercado tecnológico adaptado a este novo meio, e a tendência é só crescer, fazendo com que todas as classes interajam e tenham os mesmos serviços para efetuar compras.

    Hoje em dia, a informação está acessível a todos, só é desinformado quem quer.

    Rodrigo Machado
    Publicidade e Propaganda
    7º Publicidade e Propaganda - Manhã

    ResponderExcluir
  11. Bem, entender este novo cenário mercadológico virtual é muito importante para nós, profissionais da área de comunicação. Com o aumento sócio-econômico, principalmente, da classe C, fazem com que sejam consumidores mais sensíveis e perceptíveis à estes novos "produtos virtuais" acrescentando-os em sua cesta de consumo. Cabe a nós, publicitários, desenvolver práticas, estudos e conceitos ao ponto de conquistá-los ainda mais para o mercado virtual, agir com rapidez, mostrar as empresas que devem conectar-se junto com os seus clientes e viver em seu mundo virtual. Nós, publicitários, devemos procurar entender como comporta a classe "C" no mundo virtual.

    Julienne Felício Pereira - 7º PP - Manhã

    ResponderExcluir
  12. Esses fatos nada mais comprovam que a internet está sendo uma ferramenta crucial na hora da compra, seja ela virtual ou não. Com o avanço da tecnologia é inevitável que a porcentagem dos brasileiros com acesso a internet, não cresçam, e isso é uma notícia animadora, não só pelo nosso ponto de vista publicitário, devido acesso fácil a lojas virtuais, mas também pelo ponto de vista social.

    Se analisarmos o mercado de 15 anos atrás, veremos a diferença das vendas, devido a vários favores, mas um que devemos levar muito em consideração é a internet. Uma reportagem encontrada em uma página eletrônica diz que a publicidade na web é a mais influente na hora das compras e diz também que segundo pesquisa da ESPM, em parceria com o Ibope, mais de 45% dos brasileiros consomem depois de ver propagandas online.

    Com isso, concluímos que hoje o meio eletrônico está cada vez mais poderoso e nós publicitários devemos enxergar esse fato de uma forma inovadora, que será cada vez mais abrangente e eficaz.

    ResponderExcluir
  13. Sthéfane Domingues 7º PP / Noite

    ResponderExcluir
  14. Rodrigo Bicalho - pp/noite26 de maio de 2010 12:28

    É inevitável que mundo evolua, e se quisermos está inserido nele, devemos acompanhar essa evolução.
    A porcentagem de usuarios a internet só tende a aumentar cada vez mais. A web está presente na vida dos brasileiros, tanto no computador quanto no celular, facilitando as vidas e aproximando pessoas.
    As mídias eletronicas devem ser uma grande ferramenta para os publicitarios, já que os consumidores fazem compras online ou apenas pesquisas.
    Contudo, para se dar bem nos negocios, hoje em dia, é necessario se incluir digitalmente, pois o acesso a web já não é um diferencial, e sim uma necessidade.

    ResponderExcluir
  15. Se existe um fenômeno que mais cresce no momento, este chama-se internet. É impressionante a proporção que esta rede apresenta dia a dia. Por causa dela, as pessoas hoje são mais informadas, exigentes e até mesmo muito mais inteligentes.
    Conforme discutimos em reportagens anteriores, as classes C e D, se aproximam a cada dia da classe A. Pra mim, a grande responsável por todas as mudanças e revoluções que atingem diariamente o ser humano, nada mais é do que a Internet.
    Geralda Cristina Lino 7. PP Noite

    ResponderExcluir
  16. A Internet é a porta de entrada pra todo o tipo de informação, muitas irrelevantes na vida de seus usuários, porém existe o outro lado da moeda. Se antes da Internet a informação era disponível para poucos, geralmente de classe econômica mais alta, hoje a informação pode ser acessada por qualquer um que saiba usar um computador, com Internet.
    Com mais acesso a informação a opinião do consumidor sofre uma evolução, o que torna o consumidor mais exigente, forçando os anunciantes a serem mais claros em relação a seus produtos e esta relação (consumidor-anunciante) mostra-se mais aberta, fazendo com que o anunciante leve mais em consideração as reais necessidades do consumidor e adeque seus produtos a este fator.
    O consumo de celulares com Internet tem crescido de fome expressiva e faz com que a relação anunciante-consumidor fique ainda mais intensa.

    Bárbara Soares
    7 PP/Noite

    ResponderExcluir
  17. Com certeza a presença de tecnologias de informações esta cada vez mais forte nos lares brasileiros,e como já estudamos o mercado atual já entendeu que existem grandes classes emergentes em ascenção como as classes C e D.
    A partir disso toda a população pretende se incluir no meio digital consumindo, computadores, celulares, internet e muitos outros aparelhos eletrônicos.
    E com certeza o meio que mais interage as pessoas e as classes é a internet que proporciona a todos os mesmos beneficios e acesso.
    Atualmente estamos vivendo uma grande modernização desses meios tecnologicos,e quem quiser continuar inserido no mercado de trabalho, terá que se atualizar e acompanhar as mudanças.
    A partir disso o meio publicitário ganhou as mídias eletronicas como uma grande ferramenta de trabalho, já que os consumidores estão cada vez mais fazendo compras online,pesquisas de preço e informação pela internet.


    Luiza Aguilar 7º PP Noite

    ResponderExcluir
  18. A classe D foi estimulada pelo barateamento dos equipamentos, acesso mais fácil ao crédito e, acima de tudo, a percepção sobre a importância crescente do computador e da internet como ferramentas de estudo, trabalho e lazer.
    A classe D vem monstrando um crescimento considerável na participação de mercado, fazendo com que seja o principal alvo da economia nos próximos anos. Taxados como ''íscas fáceis'' para as vendas, esse conceito esta para cair por terra, já que essa classe vem mostrando cada dia mais sua penetração no mundo virtual e conhecimento nas pesquisas mercadológicas. Sendo assim cabe a nós publicitários mais uma vez, ter que buscar alternativas para atingirmos esse público que agora possuí o poder da informação.

    Renata Perez 7° período/Noite

    ResponderExcluir
  19. Ana Paula disse...

    Atualmente o uso da internet tornou-se acessível a todas as classes sociais, ou seja, não só as classes A e B estão inclusas assim como as classes C, D e E, que apresentam um grande interesse nessa era digital. Tudo ficou mais facíl e prático sem ter que sair de casa, podemos estudar, fazer compras, obter informações, notícias, pesquisas dentre outros. Portanto, cabe a nós publicitários ficar em alerta para as inovações e assim explorar para ganhar impulso em rede podendo levar os profissionais de marketing, de comunicação e até os empresários ao desafio de entender, agir e interagir, com rapidez e facilidade com este novo target, os chamados consumidores potentes que hoje são bem mais informados e exigentes, alem de transmitir confiança para aqueles consumidores que ainda possuem um certo receio em relação a este tipo de serviço, fazendo com que se sintam mais confiantes e atraídos.
    Ana Paula Santos Andrade 7ºPP/NOITE

    ResponderExcluir
  20. Cada vez mais a tecnologia está presente em nossas vidas atingindo todas as classes econômicas, o brasileiro é um consumidor que procura sempre comodidade e muita pesquisa em suas compras via internet,com isso a internet vem possibilitando cada vez mais esse tipo de acesso para todas as classes e as menos favorecidas não ficam pra trás, apesar de uma credibilidade mínima esse acesso é utilizado como um ponto de referencia e pesquisa de preços e opiniões com isso a publicidade consegue caracterizar opiniões e usar mailing para descubrir quem e como atigir um determinado publico...!

    ResponderExcluir
  21. Como comentado em sala de aula, o fato do aumento dos acessos à internet de um número cada vez mais elevado de internautas tanto para pesquisas de conteúdo quanto para comparação de preços com as lojas físicas que os consumidores costumam fazer suas compras, alerta a nós publicitários de que não se deve em hipótese alguma, ignorar esta tecnologia como fonte de pesquisa e ação de divulgação, e também claro, como determinação de preço dos produtos.
    Conforme informado no texto, o autor relata que a época das vacas gordas foi o principal fator que deu início a este considerável aumento na porcentagem de pessoas que hoje que possuem celulares, acessam a internet e aos computadores no Brasil.
    Esses dados são muito importantes para o desenvolvimentos do nosso país, pois cresceu também na classe média e na classe baixa da nossa população.
    O consumidor hoje já se comporta de maneira inteligente devido a esse mundo todo em suas mãos, dentro de sua própria casa. Já não pode-se mais querer passar a perna, ou enganá-los. Eles estão por dentro de tudo!!!!! UMA MARAVILHOSA EVOLUÇÃO!!

    Aluna: Thalita Maciel Oliveira
    Turno: Manhã

    ResponderExcluir
  22. Já sabemos que internet é “bola da vez” isso é fato, novos usuários cada vez se tornam adeptos ao fazer um Login em determinado site, Orkut, Twitter, Facebook, hi5, Sônico, etc. Hoje são vários os sites de entretenimento e de busca na internet, temos acesso a tudo, “tudo ao nosso gosto”, podemos tudo na internet, é só saber usar e abusar dos benefícios que existem na internet.
    Temos que parar de falar que a internet será uma “arma” para as agências, pois já é uma “arma” ou estratégia, é saber usar essa ferramenta de maneira eficaz e ir para “guerra” usando de táticas para assim alcançar nossos usuários ou clientes.
    Como exemplo de tudo que estamos dizendo, temos a Submarino e Americanas disputam, como marcas Top of Mind da internet, Submarino vai a 29% contra 27% de Americanas dados do Datafolha (http://datafolha.folha.uol.com.br/. php?session=464)
    Hoje nós publicitários temos que estar atentos às novas tecnologias e novos meios de alcançar os consumidores e clientes. Mesmo que ainda existem algumas restrições dos consumidores na compra pela internet, pois por falta de confiabilidade. Cabe a nós publicitários trazer essa confiança e fidelidade aos consumidores de produtos via internet.

    ResponderExcluir
  23. Esses números mostram o grande pontencial que a internet possui no Brasil, o quanto ainda se pode explora la e o grande crescimento de tecnlogias como o celular e os computadores nos lares dos brasileiros. Parte disso se deve ao grande aquecimento da economia nos ultimos anos que abre novas portas e faz com que o consumidor passe a ter novos hábitos como fazer compras pela internt, pesquisar preços, pagar contas e ate mesmo cursar uma faculdade sem sair de casa utilizando a internet. Com a facilidade de se comprar um número pré-pago e comum ver hoje pessoas que possuem dois ou tres chips e os utilizam de acordo com o preço das ligações e promoções oferecidas pelas operadoras. Esses novos hábitos e novidades influenciam muito no nosso trabalho como públicitarios. Um grande exemplo disso e o enorme número de empresas que nos procuram para colocar o seu o seu négocio na internet atravéz de sites ,criar campanhas publicitárias ,lojas virtuais e oferecer serviços on line. Prova disso e que so em 2009 a publicidade na interent cresceu cerca de 25%. Sem duvida nenhuma otima oportunidade para nos que trabalhamos na área.

    ResponderExcluir
  24. é legal perceber que, com maior penetração da internet nos lares, a capacidade do consumidor em avaliar, escolher e comparar itens que pretende comprar aumente. Muito importante o dado que diz que cerca de 5 milhões de lares não tem acesso à rede, apesar de ter um computador. Isto quer dizer que são 5 milhões a mais de potenciais consumidores, a partir do momento que o governo conseguir expandir a internet banda larga de baixo custo à população.

    É importante ficarmos sempre de olho na maneira como estas pessoas consomem, pois é um nicho de mercado com um grande potencial de crescimento.

    ResponderExcluir
  25. O Brasil ainda é novo no mercado digital, isso é um fato, mais também é de se perceber que o aumento de usuarios é muito significativo. Cada vez as pessoas estão procurando mobilidade, menos perda de tempo, algo que possa ser "dez em um". O computador e suas ferramentas (internet) tem esse objetivo, deixar o usuario avontade podendo usar tudo que precisa sem sair do ligar. A internet está sendo cada dia mais explorada pelos brasileiros e com o estado em que o mundo se encontra, precisando de empreendedores sustentaveis para ajudar o planeta, é mais do que certeiro a publicidade utilizar dos meios digitais. Sendo assim fica mais perto do consumidor que nao gasta a gasolina do carro pra procurar o produto, nao gasta tempo para comprar, selecionar. Tem tudo nas mãos... E pelo lado das empresas que terão os consumidores sempre por perto sem gastar muito com promoçoes, alem da internet ser altamente sustentavel.

    O comportamento do consumidor será cada vez mais exigente com suas marcas, exigindo praticidade, mobilidade, querendo sempre estar perto do que o interessa sem esforço e que a publicidade corra atras junto a seus clientes!!

    ResponderExcluir
  26. A internet, assim como todo advento relacionado aos MCM, deve ser tratadacom devido respeito e atenção das grandes empresas e agências de publicidade, pois já é, com tamanha relevância vista e consumimida pela sociedade, em todas as classes sociais, cada uma da sua maneira e abrangência, porém todas presentes na internet.

    ResponderExcluir
  27. Essas informações são perceptíveis, hoje conseguimos enxergar essas mudanças, é claro que não saberíamos dizer em números, o que quero dizer que esta matéria não conta uma grande novidade, mas algo que me chamou muita atenção esta no final da matéria que diz “dar as costas para a internet pode atrapalhar bastante as vendas nas lojas físicas” essa observação me chamou a atenção devido o crescimento que a minha empresa teve ao investir em mais publicidade na internet, o produto que trabalho não me permite vende-lo pela internet pelo fato da pressa do consumidor em ter o produto o mais rápido possível, mas percebo que as pesquisas tem sido feitas na internet.

    O interessante é que mesmo que não seja feita vendas pela internet seria de fundamental importância disponibilizar ao cliente, alguma informação do produto ao cliente, e esta ferramenta funcionará como um link da internet ate a loja física ou onde o cliente poderá efetivar sua compra

    Fernando Amorim
    7º PP-Noite

    ResponderExcluir
  28. A internet vem de um avanço ennorme no país, emergindo caca vez mais dentre as classes mais baixas, esse é um fato bom para publicidade que pode utilizar de redes socias e de todas as vantagens do meio internet que tem um custo muito baixo, o que se torna um atrativo para o publicitario. Devem tomar cuidado pois do mesmo jeito que uma campanha pode ser um sucesso, ela também tem a possibilidade de ir por água abaixo se cair no desgosto dos internautas.
    Esse aumento do acesso a internet é cada vez melhor para a população, o consumidor pode pesquisar sobre o que deseja comprar e chegar a suas próprias conclusões, se informar mais sobre o produto pretendido, com isso os consumidores estaram cada vez mais exigentes e informados.

    Paulo Fernando Nobre - 7°PP Noite

    ResponderExcluir
  29. A ascensão da internet vem trazendo mudanças consideráveis no comportamento do consumidor. Como já discutido em outros posts, o consumidor tem ficado cada dia mais atualizado e bem informado. As informações tem sido transmitidas com maior velocidade e com mais conteúdo, o que os torna mais exigentes e cautelosos no momento da compra.

    Para a publicidade, nada melhor, pois a área também está em expansão, com inúmeras oportunidades, o que faz com que a comunicação seja aprimorada a cada dia.

    ResponderExcluir
  30. É comprovado que quando se tem internet em casa, o universo se abre dando mais possibilidade a aqueles que a usam de forma saudável. Com esse crescimento de acessos a intenet, a publicidade pode se preocupar em fazer mais anúncios virtuais, mais não diminuindo a freqüência com que os memso passam em TVs e rádios, só deve mudar um pouco o foco, pois tudo na internet acontece mais rápido e as informações são disseminadas em um ritmo acelerado.

    Com tudo isso, o comportamento do consumidor também muda, pois deixa de fazer as pesquisas antes da compra em lojas físicas, para fazê-las nas lojas virtuais, onde tem a possibildade de acesso a todas as lojas em muito menos tempo, podendo até obter mais descontos se a concorrência cobrir a concorrência. Deve-se prestar atenção também que com esse crescimento meteórico e com pessoas sem muita maldade atrás das telas dos computadores, novos tipos de fraudes surgem o que de certa forma, tira um pouco da credibilidade da compra pela internet.


    Rayssa Nolasco de Andrade
    7° período - noite

    ResponderExcluir
  31. A internet mora ao lado?! Não!!! A internet já mora conosco. Independente do lugar em que estamos, já podemos ter acesso a internet. Seja no shopping, em casa, na rua e até na padaria da esquina. Hoje em dia, quem não tem acesso a internet, pode-se dizer que encontra-se "desligado" do mundo.
    Ela nos proporciona atributos imensos que podemos fazer sem ao menos sair de casa, podemos fazer coisas incríveis dando apenas um clique no mouse ou no botao do celular, sem precisar nos locomover até o local de compra.

    A internet é fundamental na nossa vida e na sociedade em que vivemos. Então é importante aos responsáveis da área de comunicação e marketing, que se interem nesse meio para encontrar novas opções e ideias inovadoras que chamem a atenção do consumidor para que ele se interesse e adquira o produto ou atributo a ser vendido.
    Eles vão ter que estar sempre inovando e seguir junto com a tecnologia, enfrentando barreiras para criar novas estratégias de marketing que desperte a curiosidade do consumidor.

    ResponderExcluir
  32. A internet tem um poder enorme de venda e principalmente no quesito pesquisa de preço e de satisfação, a população está cada vez mais inserida no meio online. as empresas que tiverem uma infra-estrutura on-lino e saem na frente, porém é um potencial mal explorado. O consumidor, agora tem um poder em mãos que é o de pesquisa. isso aumenta o poder de barganha enormemente, as empresas tem que saber "jogar"com isso ou sairão perdendo.
    Gabriela Delfim 7º periodo/ manha

    ResponderExcluir
  33. Estes fatos influenciam e muito no comportamento do consumidor. A internet realmente tem sido uma realidade no Brasil. Segundo dados do Ibope, a internet é o segundo meio com maior alcance no país.
    Sabendo que os brasileiros tem usado e muito a internet como meio de compra, a Tecnisa, uma grande construtora presente em São Paulo, atentou para estas mudanças e investiu na venda de apartamentos pela internet. Explorou ao máximo a internet para aproximar-se de seus clientes, fortalecer a marca e gerar novas oportunidades. A Tecnisa foi uma das primeiras empresas brasileiras a adotar a internet como um canal de comunicação e vendas desde 2002. Investiu e muito em publicidade e marketing, e segundo o Case Tecnisa, suas vendas aumentaram de maneira significativa do ano de 2007 para 2008. Para quem quiser ler o case, é só procurar no google "Case Tecnisa". Incrível!
    A internet está disponível, como outros meios também. Nós, profissionais da área, responsáveis pela comunicação, devemos nos inteirar mais sobre estes meios e elaborarmos idéias e ações estratégicas capazes de utilizar tais meios para chamar a atenção do consumidor e alcançar os resultados traçados pelas organizações.

    Julienne Felício Pereira - 7ºPP - manhã

    ResponderExcluir
  34. Essas mudanças além de promoverem uma maior igualdade de classes ao acesso à informação, faz com que os meio de comunicação repensem a maneira de comunicar. Para a publicidade, os atrativos da concorrência, o acesso fácil aos preços, o canal aberto para os consumidores opinarem sobre o produto, fazem com que as agência e empresas procurem cada vez mais melhorar a qualidade de atendimento, preço e produto. Quem sai ganhando é o consumidor.

    Bárbara Ribeiro 7º PP Noite

    ResponderExcluir
  35. A Internet já faz parte da vida das pessoas. Boa parte delas inclusive já preferem fazer compras através dela do que ter o desconforto de ir a uma loja e buscar, procurar pelo o que deseja. Mas isso por enquanto limita-se a classe A e B principalmente.
    O comportamento do consumidor está mudando. Eles estão ficando cada vez mais rigorosos com as marcas e pesquisando cada vez mais, isso com grande influencia da internet.
    Como o acesso a internet se torna cada vez maior, em breve classes C e D também estarão utilizando esse meio para compra tanto quanto as classes A e B, as empresas que não se prepararem perderam espaço para a concorrencia.

    Thiago Meira - 7 PP - Manha

    ResponderExcluir
  36. Esse crescimento da tecnologia é bastante visível hoje na população.
    Acredito que no comportamento do consumidor, sejam acrescidos valores e informações, a partir do consumo dessas tecnologias, ou seja, primeiramente possuir esses aparelhos os torna parte de novos grupos, além da utilidade de cada um deles.
    Mas acredito ainda que na publicidade se tenha um cuidado maior com esse aumento de público para esse tipo de produto. Pois como a intenção é direcionar cada vez mais a publicidade para seu público, esse aumento vai gerar maior estudo do comportamento do consumidor.
    Pessoas que não pertenciam a esses grupos, agora fazem parte, e outras classes sociais também vão adquirindo esses produtos, entrando como consumidores.

    Hany Cintra Lara
    7° PP noite

    ResponderExcluir
  37. Vai influenciar em tudo! Já influencia!
    Consumidores serao mais informados, com mais referencias tanto de formadores de opinioes na web (blogs e amigos), como na possibilidade de fazer mais pesquisas de preco e especificacoes em objetos que desejam comprar. O cenário publicitario na web cresceu formetemente por causa disso. Cada vez mais encontramos mais empresas que tentam se posicionar na web para tentar se aproximar mais de seu consumidor e conquistá-lo.
    Redes sociais, twitter, blogs e afins, estao ficando cada vez mais fortes! E milhares de promocoes para conseguir essa aproximacao do publico estao acontecendo.

    ResponderExcluir
  38. Vai influenciar em tudo! Já influencia!
    Consumidores serao mais informados, com mais referencias tanto de formadores de opinioes na web (blogs e amigos), como na possibilidade de fazer mais pesquisas de preco e especificacoes em objetos que desejam comprar. O cenário publicitario na web cresceu formetemente por causa disso. Cada vez mais encontramos mais empresas que tentam se posicionar na web para tentar se aproximar mais de seu consumidor e conquistá-lo.
    Redes sociais, twitter, blogs e afins, estao ficando cada vez mais fortes! E milhares de promocoes para conseguir essa aproximacao do publico estao acontecendo.

    KARINE DIBAI
    7° PP NOITE

    ResponderExcluir
  39. A evolução da tecnologia digital faz com que as pessoas consumam cada vez mais, pois o equipamento comprado no ano passado ou até mesmo no mês passado, já esta ultrapassado, ou seja, se compramos um celular que era lançamento há dois meses, esse mesmo celular hoje deixa de ser interessante e a tecnologia está ultrapassada.

    Enquanto algumas tecnologias digitais levam em média três meses para evoluir, a internet evolui a cada segundo surgindo novas informações, novos programas, etc.

    Marcília Gonçalves – PP/Noite

    ResponderExcluir
  40. Com o crescimento da economia, as classe mais baixas, estão sendo beneficiadas em muitas areias e uma delas e o mundo digital, o qual esta a casa dia mais entrando nas casas dos Brasileiros. E claro que isso e um fator um pouco lento, mais que já esta atingindo o meio da publicidade.
    Fazendo com que as empresas, façam novos planos de marketing, para poder atingir este novo publico.
    Assim classe C e D, já estão buscando mais informações voltadas para o mundo digital, e a cada dia se conectando mais com um mundo, que antes apenas pertencia aos mais favoráveis.

    Ramona Costa Silva - 7°PP/Noite

    ResponderExcluir
  41. A internet é um fenômeno, que se bem explorado, pode influenciar bastante a publicidade. Hoje em dia o acesso a informação é todo através dessa ferramenta, e atrelar a ptropaganda a isso é algo com pouco risco de dar errado. Não é por acaso que as vendas pela internet vem crescendo absurdamente, e as pessoas vêm ganhando confiança em realizar compras online. Essa é uma janela que pode ser bem aproveitada por publicitários que enxergam seu público-alvo de maneira esclarecida, e sabem através de pesquisas o constante contato desse público com a internet.

    Além disso, o que era privilégio só da classe A e B, hoje é totalmente diversificado. Público C, D e E já tem acesso, mesmo que sem computador em casa. Lan houses, local de trabalho, tudo isso faz com que essas classes se mantenham informadas e não fiquem para trás. Essa é mais uma porta para atingir esse público. A internet, sem dúvidas, é o meio que consegue atingir um público mais diversificado hoje em dia.

    Sara Carsalade - 7ºPP - noite

    ResponderExcluir
  42. A Internet além de propiciar grande poder de venda de produtos via web, também propicia uma fonte de pesquisa para vendas no qual pode se conhecer produtos. efetivar orçamento de possiveis compras.

    A internet em si foi uma possibilidade de lucratividade para muitos investidores como Lan houses e prestadores de acesso a banda larga.

    Atualmente o numero de acessos a internet a domicilio vem crescendo muito no Brasil. Fazendo com que aumente cada vez mais a comunicação pontual dentre as pessoas.

    Nome: Aline Vitoriano Meirelles/7°PP/ Noite

    ResponderExcluir
  43. O mundo virtual passou a ser um mundo paralelo ao que vivemos. Possuimos amigos virtuais, afazeres e compras. O aumento do acesso a internet nos possibilita a isso um mundo quase de fantasia, mas que nos tras benefios e informação mais rápidas.
    O acesso ao mundo virtual nos atualiza do que tem sido novidade, o que tem compensado em questões financeiras e de consumo. Passamos a ser pessoas mais entendidas, informatizadas e com isso menos influenciaveis, apesar do grande número de ofertas e publicidade que nos bombardeiam na internet mais que em qualquer outra midia.
    Com toda essa mudança o consumidor passa a ter um novo perfil, de não escolher as coisas influenciados ou precionados pelos vendendores, que querem e precisam vender a qualquer custo. Mas passam a consumir mais informados sobre o produto e ate mesmo ter acesso a opinião de outras pessoas que já consumiram aquele mesmo produto de interesse.

    ResponderExcluir