segunda-feira, 2 de maio de 2016

Ação da Huggies permite que mães cegas "toquem" seus filhos no ultrassom


De Redação da AdNews -  4/5/2015

Não bastassem as dificuldades naturais das mães que são deficientes visuais, imagina o quão angustiante pode ser uma simples sessão de ultrassom sem poder ver os detalhes e a formação do bebê? Pensando nisso e com a ajuda da tecnologia, a marca Huggies transformou esse momento delicado em algo absolutamente emocionante.

Criada pela agência Mood, a campanha "Conhecendo Murilo" presta uma homenagem ao Dia das Mães e apresenta a nova linha de produtos Huggies "Primeiros 100 Dias". No filme, a marca apresenta a história real de uma mãe com deficiência visual que toca seu filho pela primeira vez, ainda no momento do ultrassom. Por meio de uma impressora 3D, o rosto do bebê é reproduzido permitindo que a mãe possa senti-lo e abraçá-lo.

"Esse é um projeto muito corajoso e ousado, que vai de encontro com as características da Mood, transmitindo modernidade e mostrando nossa veia inovadora e tecnológica. São ideias como essa, liderada pelos diretores de criação Bruno Brasileiro, Felipe Munhoz e Rafael Gonzaga e pelo head digital, André Felix, que queremos colocar na rua cada vez mais para os nossos clientes", comenta o sócio e presidente da Mood, Augusto Cruz Neto.

Além do filme principal, a campanha traz ainda vídeos de outras mães com deficiência visual que puderam sentir e abraçar seus filhos. O trabalho conta, inclusive, com uma versão da propaganda com audiodescrição, para que pessoas com deficiência visual possam acompanhar a ação. "Conhecendo Murilo" estreia oficialmente hoje (4) nos canais Youtube, Facebook e no site oficial da marca Huggies. A produção é assinada pela La casa de la madre, com direção de cena de Jorge Brivilati. Para a impressão 3D, a Mood contou com parceria da the goodfellas.

Case sugerido pela estudante Harumi Amanda Yukama.

Prezadas e Prezados, associem o que discutimos em sala sobre percepção a esse novo produto e escrevam sobre suas impressões.

116 comentários:

  1. Perceber é tomar conhecimento de algo através dos sentidos, dos estímulos que recebemos. Quando recebemos determinados estímulos, tomamos consciência daquele algo, antes desconhecido, através das sensações e das interpretações que damos a ele. Essas sensações e interpretações vêm sempre acompanhadas de uma carga emocional. A Huggies, em sua campanha “Conheça o Murilo”, apostou na emoção, passada tão lindamente em seu vídeo. A emoção que a futura mãe sentiu tocando a réplica “tresdelizada” do rosto de seu bebezinho, antes mesmo dele nascer, foi talvez a mesma sentida por nós ao usarmos os nossos sentidos ao assistir o vídeo. A mãe usou o tato, pois é deficiente visual e nós, a visão e a audição. Isso nos leva a concluir que, ainda que isoladamente, todos e quaisquer sentidos são indispensáveis não só para o marketing, mas também para a vida!

    Gabriel de Mello Nunes
    Publicidade e Propaganda
    6º Período - Matutino

    ResponderExcluir
  2. Percepção, se baseia no ato, efeito ou capacidade de perceber alguma coisa. A campanha da Huggies, passa ao seu público uma percepção emocional, enquanto a mãe da propaganda, vive uma percepção tanto emocional quanto inédita de poder ser uma das primeiras mães a tocar seu bebê ainda no útero. Utilizando de seu tato, a mãe destrava outras percepções em si mesma, desencadeando no público sensações diversas. Para a publicidade esta tática foi muito bem aplicada e estrategicamente bem formulada. Utilizando de forma correta da percepção, o marketing pode alcançar resultados inimagináveis.

    Ana Elisa Resende Souza Starling.

    ResponderExcluir
  3. A agência Mood utilizou a percepção emocional para realizar a campanha "Conhecendo Murilo", através dos sentidos, a mãe que tem deficiência visual consegue sentir o rosto do bebê pelo sentido do tato. Esta foi uma ótima estratégia realizada pela Mood, faz com que o público se sensibilize com a campanha.

    ResponderExcluir
  4. Existem fatores emocionais que determinam o modo como o cérebro reage aos estímulos no confronto de consumidor o produto. A Huggies mexeu muito com o emocional do seu publico, as emoções do consumidor desempenham um papel relevante nas suas impressões sobre o produto. E acredito que como seu publico alvo são gravidas ou mães recentes vão se emocionar mais ainda por questões hormonais e com certeza darão prioridade a marca por uma campanha tao emocionante. A marca deixou uma percepção muito positiva.

    Emriye Melissa Martins Gençay
    Marketing
    4° manha

    ResponderExcluir
  5. A percepção e a publicidade são conceitos diretamente conectados, tendo em vista que a propaganda utiliza elementos da percepção para que o consumidor experimente sensações que possam resultar em um significado (campanha/propaganda), pois percebemos a partir dos estímulos.
    Logo, a interpretação que damos a uma propaganda, pode estar diretamente ligada ao significado que atribuímos aos estímulos sensoriais e a ação da Huggies trabalha muito bem essa ideia/conceito.

    Pedro Henrique Marque Pio
    6º Período / Noite
    Publicidade e Propaganda

    ResponderExcluir
  6. Percepção é, em psicologia, neurociência e ciências cognitivas, a função cerebral que confere significado a estímulos sensoriais, a partir de histórico de vivências passadas. Então, para o marketing, é importante que haja uma ligação entre o consumidor e o produto em si. Para a excelência desse processo, é necessário que seja feito um planejamento minucioso, deixando sempre alinhado o tipo de consumidor baseado no seu “código” perceptivo, formando uma espécie de cadeia com seus valores agregados, começando pelo fabricante, indo para o atacadista/varejista até chegar ao consumidor final.

    Grasielle Dias
    PP - 6o Período, Manhã

    ResponderExcluir
  7. A percepção é um processo psicofisiológico através do qual o sujeito organiza e interpreta os estímulos do meio que foram captados através dos órgãos dos sentidos (sensação), permitindo identificar os objetos e os acontecimentos significativos. Assim, a ação da Huggies proporciona às mães que possuem invalidez por deficiência visual a se emocionarem e viverem a base de percepções o quão significativo é, participar do ultrassom. A campanha deu o direito a essas mães que sentisse por tato o rosto dos bebezinhos que ainda nem se quer nasceram. O marketing para mim foi ótimo, pois apostaram na emoção de forma conscientizada e na tecnologia aplicadas em situações que nos deixam sensíveis.

    Matheus Simões Candal
    6º Período – Noite

    ResponderExcluir
  8. Estamos aprendendo que a percepção é a função cerebral que atribui significado a estímulos sensoriais, a partir de histórico de vivências passadas. Através da percepção o indivíduo é responsável por organizar e interpretar as suas impressões sensoriais para atribuir significado seu meio. Do ponto de vista psicológico ou cognitivo, a percepção envolve também os processos mentais, a memória e outros aspectos que podem influenciar na interpretação dos dados percebidos. A Huggies faz uso dessa percepção através da campanha para emocionar não apenas as mães deficientes visuais, que pela primeira vez sentem s seus bebes, mas também qualquer outra pessoa que assista o vídeo “Conheça o Murilo”. É uma estratégia muito inteligente por parte da empresa já que estamos nos aproximando do dia das mães.

    Madalena Rodrigues
    PP - Manhã 6º Período

    ResponderExcluir
  9. De acordo com os estudos sobre percepção que é cumulativa, limitada, simplificadora e seletiva. Sobre o comercial é importante abordar que gravidas com deficiencia visual não tem a expectativa de descobrir como é de fato o rosto do seu bebe.
    Essa empresa Huggies inovou, fazendo o impossivel acontecer. Emocionante e criativo quebrou o paradigma da percepção partindo do pré suposto que o acumulo de informações anteriores não conseguiu prever essa possibilidade.Já a percepção da ação é emoção tanto do espectador quanto da mãe.

    Diane Santos PP Noite

    ResponderExcluir
  10. Percepção é o ato, efeito ou capacidade de perceber alguma coisa. Através dela uma pessoa é capaz de separar/organizar as informações que são percebidas/estimuladas pelo meio e identificar os objetos/situações/acontecimentos que são mais significativos para ela.
    A Huggies percebeu que estas percepções e sensações que as pessoas possuem vêm sempre acompanhadas de um elo emocional e sensorial, por isso apostou em uma campanha deste gênero.
    Uma campanha onde foi utilizada uma percepção visual estimulando nossos sentimentos com imagens emocionantes (como a mãe utilizando o tato para sentir seu bebê), a percepção musical (a musica de fundo que ajuda a dar um toque emocional as imagens que são transmitidas);
    Todo esse conjunto sensorial ajuda a criar uma percepção emocional da campanha e a criar um elo entre a marca e aquele que se emociona com a ação da Huggies.

    Daniel de Paula Pontes - PP NOITE - 6 período.

    ResponderExcluir
  11. Percepção é a interpretação de certos estímulos, é a maneira que qualificamos as coisas do mundo e em nós. A Huggies, na sua campanha “Conheça o Murilo”, fez uso da percepção sensorial de uma linda forma. Através dela a mãe pode sentir pelo toque e imaginar como é seu bebê. Achei inteligente e sensível a forma que eles pensaram pra produzir essa campanha. Atingiu o público alvo e criou um lanço entre empresa e cliente.
    Jaqueline E.Rocha -PP Manhã -6° Período

    ResponderExcluir
  12. A Huggies ao proporcionar esse momento delicado em algo absolutamente emocionante, faz uso de elementos da percepção para que a mãe experimente sensações que resultem num significado. Além de proporcionar a mãe essa emoção, a campanha também faz com que o público se sensibilize, desempenhando um papel relevante nas impressões dos mesmos sobre a marca.

    Thales Albuquerque - PP NOITE

    ResponderExcluir
  13. A percepção é uma capacidade de identificar , um juízo digno acerca de algo ou alguém: que pode ser necessário para entender a percepção de um modo certo e do errado.
    Compreensão feita através de vários sentidos ou da inteligência: tendo a percepção do sofrimento e percepção do clima.

    Cecilia Rodrigues- PP -Manhã

    ResponderExcluir
  14. A publicidade acertou em cheio na ampliação do marketing sensorial como ponto de venda para estimular os sentidos.
    O comercial da Huggies é muito emocionante e expressa claramente à felicidade da futura mamãe ao primeiro contato com seu bebê ainda no ventre.
    Foi perceptível no comercial como a futura mamãe reagiu imediatamente dentro daquele contexto através do estímulo.
    A criatividade foi muito bem utilizada na campanha: Conheça Murilo e conclui com esse comercial que o marketing sensorial ou Brandsense quando compreendidos e aplicados corretamente podem ser ferramentas poderosas e eficientes na construção e na gestão de marcas.
    Acredito que pode ser considerado como um forte influenciador no processo de compra dos consumidores, tornando-se um aliado poderoso na busca pela diferenciação da concorrência.


    Franciane Oliveira- Publicidade e Propaganda
    6º Período- Noite.

    ResponderExcluir
  15. Ter percepção é conseguir identificar informações de uma forma que seja possível organizá-las em nosso universo de conhecimento (tornar algo desconhecido em conhecido) por meio de qualquer sentido. Pensando por esse lado, a Huggies pegou uma situação em que a mãe não conseguia ter essa percepção, uma vez que era necessário conseguir enxergar e transformou o “objeto” (filho) em uma impressão 3d (utilizando então o tato – outro sentido). O objetivo de um publicitário deveria ser fazer com que todos ao nosso redor conseguisse absorver a informação e ter a percepção do que se tem (pelo menos) ao seu alcance... Muitas vezes não vimos os esforços sendo feitos e recursos sendo utilizados para “transferir” os sentidos para que toda a população tenha a percepção do mundo.

    Jessica Faina Loureiro
    Publicidade e Propaganda|6º período|Manhã

    ResponderExcluir
  16. Utilizando a percepção, a marca consegue aproximar ainda mais o seu público. A ação é super emocionante e sensível,fazendo com que as mães que não conseguem enxergar, toquem e sintam a emoção de fazer parte de todo o processo da gravidez, mesmo sendo deficientes visuais. O marketing sensorial nesse caso, foi bastante assertivo. Assim, será um ponto a favor, para os consumidores na hora da compra. Acredito que as marcas devem apostar nessa área do marketing, para ter um vinculo cada vez maior com seu público.

    Poullyne Storolli
    6 período- PP- Manhã

    ResponderExcluir
  17. Inovação é, e sempre será uma ferramenta eficaz de atrai e encantar o consumidor.
    A campanha da Huggies apostou muito acertivamente em utilizar a inovação e apresentar a percepçao e emoção de uma mãe cega ao conseguir “enxergar” o rosto do seu bebe.
    A publicidade usa e sempre deve usar essa ferramenta como um diferencial pois essas duas palavras estão muito ligadas uma a outra.
    A campanha que demonstra a emoção faz com que o consumidor se identifique crie uma proximidade e empatia.

    Marcos Vinícius A. dos Santos
    6° Período de P.P. noite

    ResponderExcluir
  18. Inovação é, e sempre será uma ferramenta eficaz de atrai e encantar o consumidor.
    A campanha da Huggies apostou muito acertivamente em utilizar a inovação e apresentar a percepçao e emoção de uma mãe cega ao conseguir “enxergar” o rosto do seu bebe.
    A publicidade usa e sempre deve usar essa ferramenta como um diferencial pois essas duas palavras estão muito ligadas uma a outra.
    A campanha que demonstra a emoção faz com que o consumidor se identifique crie uma proximidade e empatia.

    Marcos Vinícius A. dos Santos
    6° Período de P.P. noite

    ResponderExcluir
  19. A Percepção é algo de extrema importância na vida das pessoas. Sem percepção não conseguimos diferenciar o bom do ruim, a percepção vem para estimular nosso sentidos.
    A campanha da Huggies foi extremamente tocante, a percepção permitiu sensações talvez nunca imaginada pelas mães.
    Ta aí a importância da percepção estimular sentidos e emoções.

    Daniela Mariana Gonçalves - PP Noite

    ResponderExcluir
  20. Brenda Rodrigues9 de maio de 2016 16:19

    A percepção está presente em todos os nossos sentidos, pois precisamos perceber algo para ativar nossos sentido, como por exemplo: perceber um cheiro para ativar o olfato. Esta campanha da Huggies mostra o quanto é importante para um ser humano poder "perceber" as coisas que nos cercam, principalmente neste caso, que uma mãe deficiente consegue perceber e conhecer seu filho através do tato em seu molde 3D. A publicidade toca o seu público por meio dessa percepção que cria neles.

    Brenda Rodrigues Goulart
    PP manhã - 6º período

    ResponderExcluir
  21. A partir dos estudos sobre percepção, aprendemos que é um processo psicológico, que foram captados através de órgãos sensoriais.
    Assim a ação da huggies, com a criação da campanha de forma criativa e emocionante utilizou das percepções.
    Ex: a música de fundo que ajuda a dar um toque emocional as imagens que são transmitidas.
    Além de proporcionar emoção para a mãe, sensibiliza o público.

    Bernardo de Carvalho
    Publicidade e Propaganda-noite

    ResponderExcluir
  22. A partir dos estudos sobre percepção, aprendemos que é um processo psicológico, que foram captados através de órgãos sensoriais.
    Assim a ação da huggies, com a criação da campanha de forma criativa e emocionante utilizou das percepções.
    Ex: a música de fundo que ajuda a dar um toque emocional as imagens que são transmitidas.
    Além de proporcionar emoção para a mãe, sensibiliza o público.

    Bernardo de Carvalho
    Publicidade e Propaganda-noite

    ResponderExcluir
  23. O conceito de percepção como aprendemos está ligada aos sentidos e o que captamos deles, podendo ser imagens,sons sensações ou algo que já havia em nós como o conhecimento, a estratégia da marca Huggies, foi uma forma criativa e sensível de usufruir de um momento único e especial para um casal, e mais particularmente para a mulher que é a primeira impressão do seu bebê, e de uma gesto de total empatia para com essas mulheres deficientes visuais, fizeram com que essa percepção que antes era visual se fizesse através do Tato, o que trouxe a marca uma confiabilidade e afeto desse consumidor.

    Nathália Romana
    PP manhã Sexto período

    ResponderExcluir
  24. O conceito de percepção como aprendemos está ligada aos sentidos e o que captamos deles, podendo ser imagens,sons sensações ou algo que já havia em nós como o conhecimento, a estratégia da marca Huggies, foi uma forma criativa e sensível de usufruir de um momento único e especial para um casal, e mais particularmente para a mulher que é a primeira impressão do seu bebê, e de uma gesto de total empatia para com essas mulheres deficientes visuais, fizeram com que essa percepção que antes era visual se fizesse através do Tato, o que trouxe a marca uma confiabilidade e afeto desse consumidor.

    Nathália Romana
    PP manhã Sexto período

    ResponderExcluir
  25. Entendendo a percepção como um conjunto de estímulos que formam as nossas sensações e nos permite identificar os objetos e os acontecimentos significativos para nós é possível concluir que a Huggies acertou em cheio em unir a percepção a emoção. Nesta propaganda somos estimulados pelo visual e musical, e este conjunto de estímulos cria um elo emocional entre a marca e o consumidor pois despertou afeto.

    Márcia C. Soares
    Publicidade e propaganda - 6 período)/Noite

    ResponderExcluir
  26. O publicitário tem que sempre estar ciente e perceber as necessidades de um público, para assim atender aquela necessidade. Atender aqueles que geralmente sao esquecidos por grandes empresas foi um grande passo da Huggies, ela viu uma oportunidade de mostrar mais a sua marca e gerar empatia com aqueles que também fazem parte do seu publico.

    Andreza Stefani
    PP MANHÃ - PERÍODO 6

    ResponderExcluir
  27. Através da percepção o ser humano conhece o mundo à sua volta de forma total e complexa. Ela está ligada diretamente aos nossos sentidos e a Publicidade. A campanha da Huggies visa despertar nas mães as emoções a partir de sensações, o que gera um impacto significativo em suas vidas.

    Neilson Martins Medina
    PP - Manhã / 6 período.

    ResponderExcluir
  28. A campanha utiliza do sentido perceptivo para despertar uma sensação (talvez uma certa mobilização) da sociedade. Explorar estes sentidos pode comover e sensibilizar uma parcela populacional, promovendo um significativo estímulo mútuo. Toda essa técnica foi explorada no case de forma minuciosa,desde a escolha do repertório musical, até as cores, enredo e também figurino.

    Luan Faria
    Publicidade e Propaganda - Manhã 6 período

    ResponderExcluir
  29. A campanha da Huggies, passa ao seu público uma percepção emocional, eles visam despertar o lado emocional a partir das sensações. Analisaram e entenderam bem a problemática e o cenário atual buscam o melhor impacto social. Sem contar que eles trabalharam bem a questão da inclusão social do deficiente visual.

    Gabriela Carneiro
    6º periodo - noite

    ResponderExcluir
  30. A pessoa que trabalha na área do marketing, ou com a publicidade, tem que estar sempre atenta e ciente, principalmente nas necessidades do seu público alvo. Pois assim conseguira atender a necessidade do público. Acho que ter que atender as marcas que foram abandonadas pelas empresas, foi um faraônico passo da Huggies, pois ela viu uma boa oportunidade de colocar sua marca em visibilidade, e assim poder gerar uma empatia com as pessoas que buscam o mesmo seguimento.

    Edgar Brito
    Publicidade e Propaganda - Noite.

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. O comercial, muito bem planejado, apresenta o filho, ainda antes do nascimento, para a mãe deficiente visual através de percepções. Assim, podemos compreender que percebemos (tomamos ciência) o outro e o mundo de diversas maneiras. Seja através da visão, do olfato, da audição, paladar ou como no exemplo, através do tato. A mãe, através da interpretações desenvolvidas pelos estímulos provocados pelo toque na representação do seu filho, possibilitou a identificação do mesmo. Tal identificação confirmou as suposições da sua percepção intelectual com relação a aparência do filho, como o "narizinho de batata".

    Letícia Leiva
    PP - Manhã - 6º período

    ResponderExcluir
  33. A campanha “ Conhecendo Murilo” apela para a emoção do público. Ao ver a mãe deficiente visual se emocionar ao tocar a replica 3D do rosto de seu filho o público se emociona também. A trilha sonora escolhida, as cores e as roupas utilizadas ajudam a criar essa atmosfera de comoção. O case nos mostra que todos os sentidos são importantes para a publicidade e que devemos explorá-los de forma consciente para obter sucesso nas campanhas.

    Stéphany Badaró
    Publicidade e Propaganda
    6º Período - Manhã

    ResponderExcluir
  34. A percepção vai de pessoa para pessoa, e nesta campanha, vemos como a percepção é importante para a vida, ainda mais para aqueles que tem algum tipo de deficiência, que precisam se "adaptar" ao meio que vive. A marca Huggies conseguiu mostrar como a percepção é importante e como ela torna estimulo em sentimentos. Ao perceber algo, vários estímulos e reações cercam nosso corpo, as vezes mudando nossas interpretações de coisas do nosso dia.

    Victor Muniz - PP - Manhã

    ResponderExcluir
  35. Analisando os elementos da percepção na publicidade e propaganda, pudemos ver que os consumidores estão diretamente conectados as sensações dos elementos da percepção emocional e a venda de produtos ou serviços. Na ação da Huggies, eles transmitem criatividade, amor e sensibilidade a quem esta assistindo a campanha. A agência usou a percepção e a inteligência emocional para transmitir o sentimento das mães que possuem deficiência visual sentir o rosto do seu filho, que ainda não nasceu. Uma campanha inteligente que despertou emoção em seu publico alvo.
    Ana Flávia Francisco
    Publicidade e propaganda - 6° período, manhã

    ResponderExcluir
  36. A campanha da Huggies usou a percepção de uma forma muito tocante com a exposição a uma informação, ao usar uma história real de uma mãe deficiente visual que apesar de suas limitações ela conseguirá sentir o seu filho no ultrassom, chamando muita atenção e sensibilizando muito ao assistir, em que conquista o seu target pelo afeto que terá com a marca fazendo os consumidores se sentirem bem, podendo conduzir a preferência onde associaram a marca em um bom sentimento.

    Gisela Alvim - Publicidade e Propaganda - 6º Período - Noturno

    ResponderExcluir
  37. A percepção é um processo individual e dinâmico de como damos um significado a um material bruto. Podemos fazer uma relação com o comercial acima, no qual a mãe, deficiente visual, ao tocar uma reprodução do ultrasom em 3D, consegue através do tato, sentir o filho. Neste instante entra o processo de “perceber”, onde a mãe reage automaticamente ao contexto através dos sentidos e distingue que o objeto dado a ela , era uma “cópia do filho” e que se parecia bastante com o imaginado. O case emocionante, reafirma a importância da percepção para a publicidade, que deve ser explorada positivamente.

    Angelique Apolinário - 6° período
    Manhã - Publicidade e Propaganda

    ResponderExcluir
  38. O conceito de percepção funciona como técnica fundamental para que a mensagem atinja de forma assertiva o público-alvo da campanha, neste caso, as mães. Enquanto este conceito é diretamente explorado no filme, mostrando a percepção de uma mãe sobre seu filho através da impressão 3D, a mensagem instiga no público a importância deste momento na vida de uma mulher. Desta forma, outro modo de percepção é ativado no telespectador, colaborando em sua decisão de escolha no momento do consumo.

    Bruno Costa - PP Noite

    ResponderExcluir
  39. Sabemos que a percepção nada mais é do que a função cerebral que atribui significado a estímulos sensoriais, a partir de histórico de vivências passadas e que através da percepção um indivíduo organiza e interpreta as suas impressões sensoriais para atribuir significado ao seu meio.
    A campanha da Huggies usou a percepção como uma ferramenta para tocar o público com o sentimento que ela transmite e também para trazer um momento único e especial para essas mães que tem deficiência visual e sentem através do ultrassom 3D, como será seu filho. Mostrando o quão é importante a percepção para a vida de uma pessoa e principalmente como ele pode agir na publicidade.

    Adailton Junior - Publicidade e Propaganda - 6° Periodo - Manhã


    ResponderExcluir
  40. Sabemos que a percepção nada mais é do que a função cerebral que atribui significado a estímulos sensoriais, a partir de histórico de vivências passadas e que através da percepção um indivíduo organiza e interpreta as suas impressões sensoriais para atribuir significado ao seu meio.
    A campanha da Huggies usou a percepção como uma ferramenta para tocar o público com o sentimento que ela transmite e também para trazer um momento único e especial para essas mães que tem deficiência visual e sentem através do ultrassom 3D, como será seu filho. Mostrando o quão é importante a percepção para a vida de uma pessoa e principalmente como ele pode agir na publicidade.

    Adailton Junior - Publicidade e Propaganda - 6° Periodo - Manhã


    ResponderExcluir
  41. Natalia Beltrão 6º periodo PP noite12 de maio de 2016 06:16

    Impressionar e emocionar é melhor do que somente informar e foi exatamente o que a Huggies fez com essa ação.
    Tornar real algo que uma pessoa tem vontade é quase que completar essa mesma pessoa, ainda mais se tratando de uma mãe com uma deficiência visual, que não tem nem idéia de como será o seu filho. Para uma pessoa sem essa deficiência já seria algo extramente novo e satisfatório, imagina para uma mãe como essa. O marketing sensorial é o presente e a empresa que não se atentar a isso com certeza verá sua marca cair por terra.

    ResponderExcluir
  42. A Huggies proporcionou um momento único pra essa mãe, gerar um filho e poder senti-lo é um direito, e porque não dar esse prazer pra uma mãe que não pode enxergar no momento do ultrassom, a ação promovida pode abrir um leque de oportunidades para outras mães com a mesma deficiência.

    Diego Felipe - Publicidade e Propaganda
    6º período - Noite

    ResponderExcluir
  43. Percepção pode ser descrita como a capacidade ou o ato de perceber alguma coisa, ter consciência de algo ou alguém por meio dos sentidos ou da mente. A campanha da Huggies proporcionou a uma mãe deficiente visual a oportunidade de “ver” seu filho através de sua percepção - usando o sentido do tato. É importante notarmos que a tecnologia vem expandindo os nossos horizontes, tornando possível o que não imaginávamos que pudesse acontecer. Usamos a percepção, majoritariamente, através da visão, audição e olfato, mas o vídeo mostra que o simples ato de tocar pode ser tão emocionante quanto qualquer outro sentido.

    Bárbara Henriques
    PP Manhã

    ResponderExcluir
  44. A publicidade necessita atender os diversos tipos de percepção. A percepção, é obtida através dos sentidos seja ele visual, olfactivo, auditivo, tátil. Na propoganda da Huggies foi utilizada o sentido tátil, onde a mãe, deficiente visual, consegue através do tato perceber como era o seu bebe, seus traços, seu corpo, seu tamanho. Sendo assim, a propaganda realizada envolve totalmente a percepção individual, seja nossa ao vê-la ou da mãe ao sentir seu filho.
    Anna Theresa Zampier
    Publicidade e Propaganda-6 período - Manhã

    ResponderExcluir
  45. Uma prática que tem sido muito usado ultimamente, principalmente no meio web, é a acessibilidade. Cada vez mais, pessoas com várias limitações físicas estão tendo o seu acesso a conteúdos de marcas ou noticias, mais fáceis de serem consultadas. Com essa estratégia, de que, qualquer pessoa possa consumir o que bem quiser de maneira consciente, pois ela consegue acessar mais informações, se cria um engajamento e até mesmo o reconhecimento de que, tais marcas que disponibilizam isso aos usuários estão preocupadas com o mesmo.

    Ricardo Oliveira Silva
    PP - noite

    ResponderExcluir
  46. A percepção está ligada aos nossos cinco sentidos, onde se baseia na capacidade de perceber alguma coisa. A Huggies usou a percepção para sensibilizar o público mostrando um momento único e especial no qual a mãe que possui deficiência visual sente os traços de seu bebe que ainda está no útero. Esta campanha trouxe uma afetividade maior entre as mães e a marca, criando assim pontos positivos para a marca.

    Letícia Rodrigues Teixeira
    Publicidade e Propaganda.
    6° Período – Manhã.

    ResponderExcluir
  47. Percepção tem a ver com o sentido, significa reagir automaticamente à alguma coisa através dos sentidos. A marca Huggies, juntamente com a sua campanha proporcionou uma nova a uma mãe deficiente visual a experiência de “ver e tocar” seu filho por meio da sua percepção do tato. A tecnologia hoje vem crescendo absurdamente, como nunca imaginamos um dia. A percepção vem da visão, olfato e audição. Porém, o vídeo da campanha mostra que é tão emocionante ter o sentido de tocar, como qualquer outro.

    Nathália Maria Ferreira Fagundes.
    Publicidade e Propaganda.
    6 período - Manhã.

    ResponderExcluir
  48. Percepção tem a ver com o sentido, significa reagir automaticamente à alguma coisa através dos sentidos. A marca Huggies, juntamente com a sua campanha proporcionou uma nova a uma mãe deficiente visual a experiência de “ver e tocar” seu filho por meio da sua percepção do tato. A tecnologia hoje vem crescendo absurdamente, como nunca imaginamos um dia. A percepção vem da visão, olfato e audição. Porém, o vídeo da campanha mostra que é tão emocionante ter o sentido de tocar, como qualquer outro.

    Nathália Maria Ferreira Fagundes.
    Publicidade e Propaganda.
    6 período - Manhã.

    ResponderExcluir
  49. Huggies passa para a mãe uma percepção mais emotiva, através do tato (já que ela é deficiente visual). Para quem pôde assistir e ouvir ao video, através da visão e audição.
    A percepção vem do conhecimento de alguma coisa através dos nossos sentidos e assim gerando estimulos para que possamos tomar consciencia daquilo que era desconhecido. Para a mãe foi uma enorme surpresa poder tomar conhecimento sobre seu bebê, através do tato, por meio de um modelo 3D imprimido nas dimensões apresentadas no ultrassom, pois sentia ansiedade por não conseguir enxergar.
    A percepção e a publicidade são muito bem trabalhados neste video, nos mostra bastante que os sentidos são indispensaveis para o marketing e como isso pode ter resultados excepcionais assim como Huggies conseguiu.

    Alyne Ayumi Sasaoka
    PP Manhã - 6° período

    ResponderExcluir
  50. A percepção é um processo dinâmico que acontece através de estímulos provodados dentro de um contexto. É necessário receber a exposição da informação e que ela chame atenção de algum modo e posteriormente que seja decodificada.Na publicidade é usual propor campanhas e anúncios que fazem com que os consumidores tenha uma perceção desejada. É necessário que haja um planejamento e consequentemente um entedimento de como es estímulos que seram produzidos vão produzir os efeitos esperados.A campanha da marca Huggies utilizou de uma forma inteligente e elaborada um modo de percepção que estrategicamente foi bem elaborada e assim produziu grandes ganhos em termos de publicidade e marketing.
    Carlos Mackson
    6 ° Período de Publicidade e Propaganda- Noite

    ResponderExcluir
  51. Um dos meios da publicidade atingir seu público e por meio da percepção, e nessa campanha da Huggies podemos ver de forma clara como uma campanha bem elaborada pode atingir não somente o público alvo, mas a todos que veem a campanha. O modo de percepção foi usado de maneira diferente e novo usando pessoas com deficiência visual, que muita das vezes não tem muito contato com a publicidade, trazendo uma nova abertura para as propagandas, podendo chegar a quem antes não chegava.

    Filipe Ferreira
    6º Período de Publicidade e Propaganda - Noite

    ResponderExcluir
  52. Sem dúvidas nenhuma, a Huggies acertou em cheio no quesito "surpreender", pois a forma que ela proporcionou a essa mãe( e agora todo o seu público alvo). A percepção antes do reconhecimento através do tato pela mãe era algo totalmente imaginário, ela apenas criou uma imagem em sua mente e retratava como poderia ser o Murilo, após o toque sua percepção foi ganhando formas "reais" contrariando ou não seus primeiros pensamentos. É o que acontece com nós imaginamos coisas ainda não vistas podendo estar certos ou não, mas nossa certeza é somente confirmada com nossa percepção ativa no momento.

    Brendon dos Santos
    6º Período de Publicidade e Propaganda - Noite

    ResponderExcluir
  53. A Percepção é um grande aliado da publicidade.
    E pensando na ideia de fazer uma Mãe, deficiente visual, poder perceber o seu bebê não só com descrições, mas no tato, foi uma ideia fantástica da Huggies. Trazer para essa Mãe a oportunidade agrega um valor perceptivo do mercado e consumidores muito positivo. traz também uma boa percepção da marca para quem não consome o produto diretamente, e mesmo que o produto não seja o escolhido tradicionalmente, vai ganhar algum espaço perceptivo na hora da compra.

    Douglas Gulyver
    PP
    Noite

    ResponderExcluir
  54. A sacada da agência Mood para o comercial e experiência para a marca Huggies foi genial. A percepção sensorial é o estímulo mais forte de uma pessoa que não pode enxergar, sendo assim a mãe do comercial pode sentir exatamente o aspecto físico do seu filho. Ela so poderia ter essa experiência depois que o Murilo nascesse, mas graças a tecnologia e a brilhante ideia da agência Mood, ela pode sentir meses antes do nascimento. Sem sombras de dúvidas esse comercial impactou positivamente, pela percepção visual, milhares de futuras mães, que com certeza irão lembrar desta propaganda quando verem um produto Huggies na prateleira e, certamente, optará pela compra do mesmo.

    Luciano Lima - 6º PP Noite

    ResponderExcluir
  55. Patrícia Juliana de souza17 de maio de 2016 15:23

    Particularmente eu ainda não havia pensado sobre a emoção das mães ao ver o ultrassom, já que afinal é um meio de "matar a curiosidade" de ver e imaginar um pouco a criança que carregam tanto tempo. Por tal motivo gostei do vídeo e da proposta, afinal mesmo com a tecnologia atual, as mães que possuem deficiência visual, apenas poderiam satisfazer essa curiosidade quando a criança nascesse. Proporcionar por meio da tecnologia de impressão a chance de sentir e imaginar sua criança é muito especial.
    Fazer com que eu pensasse no assunto e compreendesse a importância dele por meio da emoção de ver a alegria da mãe com o momento inesperado, possibilitou que eu perceba essa marca como uma marca que preza pela importância que os filhos tem para as mães/pais, como se a Huggies se importasse em estar com a família e proporcionar com cuidado os momentos que eles tem desde o início, os 'primeiros 100 dias', por exemplo.

    Patrícia Souza
    PP - Noite

    ResponderExcluir
  56. Está nova ação da empresa Huggies faz com que as mães se surpreendem com este novo proposito, ou seja, utiliza-se desta ferramenta para se aproximar cada vez mais o seu público alvo, que são as futuras mamães. Aplicando este mecanismo, podemos observar que o objetivo da empresa é trabalhar muito a percepção, que isso é algo de mera importância na vida das pessoas. Este estimulo causa grande felicidade para a mãe, ter a oportunidade de poder tocar em seu bebê muito antes de dar à luz. A Huggies investiu muito bem nessa tecnologia, querendo mexer muito com a emoção das mães com deficiência visual. Não posso deixar de destacar que, a empresa ágil de forma inteligente e na tecnologia exercida para essa situação.

    Helena Alvarenga - PP
    Manhã - 6° período

    ResponderExcluir
  57. a percepção nada mais é do que a função cerebral que atribui significado a estímulos sensoriais, a partir de histórico de vivências passadas e que através da percepção um indivíduo organiza e interpreta as suas impressões sensoriais para atribuir significado ao seu meio.A marca Huggies conseguiu mostrar como a percepção é importante e como ela torna estimulo em sentimentos.

    Celso Otávio Cardoso
    6º PP Noite

    ResponderExcluir
  58. A percepção e ligada a estímulos sensoriais ou da mente. A empresa Huggies, fez com que a mãe, pudesse através do tato sentir o rosto da criança, comovendo o Público. Clóvis neto/Gestão comercial/Noite

    ResponderExcluir
  59. A percepção, que é como se percebe os estímulos recebidos através dos sentidos e gera seu significado através do conteúdo cognitivo de cada indivíduo, foi muito bem utilizada pela Huggies, abordando um publico que não tem grande foco publicitário que são os deficientes visuais. A abordagem da campanha mostra como todos os sentidos são essenciais para gerar experiencias únicas, estamos tão habituados a receber estímulos visuais que não tentamos perceber novas maneiras de gerar uma nova percepção. Quando a marca trabalha com um grupo que não é abordado e alem de trabalhar o valor do tato consegue criar uma ponte emocional entre o seu publico alvo e Mãe da campanha, podemos dizer que sem dúvidas conseguiu explorar de maneira incrível esta brecha social de maneira muito inovadora.

    Maíra Vieira
    PP - Manhã - 5º Período

    ResponderExcluir
  60. A percepção, que é como se percebe os estímulos recebidos através dos sentidos e gera seu significado através do conteúdo cognitivo de cada indivíduo, foi muito bem utilizada pela Huggies, abordando um publico que não tem grande foco publicitário que são os deficientes visuais. A abordagem da campanha mostra como todos os sentidos são essenciais para gerar experiencias únicas, estamos tão habituados a receber estímulos visuais que não tentamos perceber novas maneiras de gerar uma nova percepção. Quando a marca trabalha com um grupo que não é abordado e alem de trabalhar o valor do tato consegue criar uma ponte emocional entre o seu publico alvo e Mãe da campanha, podemos dizer que sem dúvidas conseguiu explorar de maneira incrível esta brecha social de maneira muito inovadora.

    Maíra Vieira
    PP - Manhã - 5º Período

    ResponderExcluir
  61. A percepção é a interpretação de certos estímulos, existem assim vários tipos de percepções,como por exemplo, visual, social, musical.
    A Huggies brilhou na sua campanha “Conhecendo Murilo”, mostrou exatamente a importância da percepção na vida do ser humano.
    A mãe deficiente visual conseguiu sentir, perceber seu bebê através do tato.
    Tenho certeza que assim como a feliciade da mãe, muitos se emocionaram assintindo o video também por meio de percepções (audição e visão).

    Ana Angélica Melo Campolina
    Publicidade e Propaganda
    6º Período - Manhã

    ResponderExcluir
  62. O sistema sensorial mais importante que a pessoa cega possui, para conhecer o mundo, é o sistema háptico ou tato ativo. Muitas das peculiaridades do desenvolvimento cognitivo das pessoas cegas podem ser explicadas em relação às características da captação e processamento da informação mediante o tato.
    o comprometimento visual faz com que o sentido do tato passe a ser o sentido com o qual se capte, primordialmente, a informação dos objetos. O desenvolvimento das habilidades percepfivas táteis, como é de se esperar, afeta o conhecimento do meio e marca seu próprio ritmo na construção de estratégias de conhecimento. Em suma, as limitações do sistema perceptivo tátil fazem-se notar no desenvolvimento cognitivo.

    Taiane Tavares
    Publicidade e Propaganda
    6º período - Manhã

    ResponderExcluir
  63. Quando uma pessoa possui alguma deficiência em algum dos quatro sentidos, algum outro sentido fica mais aguçado. Foi usado nesta campanha a percepção aguçada que a mãe tinha no tato que ao sentir o rosto da criança comoveu todo o público.

    ResponderExcluir
  64. Quando uma pessoa possui alguma deficiência em algum dos quatro sentidos, algum outro sentido fica mais aguçado. Foi usado nesta campanha a percepção aguçada que a mãe tinha no tato que ao sentir o rosto da criança comoveu todo o público.

    ResponderExcluir
  65. A percepção é obtida através de estímulos, e para o deficiente visual o tato é um dos sentidos que pode gerar maior percepção em relação a um bebê ainda no útero. A Mood foi genial nesta campanha, pois além de alcançar as mães participantes do filme, alcança tbm através da emoção transmitida, as outras mães que assistem o vídeo, seu público alvo.

    ResponderExcluir
  66. A percepção é obtida através de estímulos, e para o deficiente visual o tato é um dos sentidos que pode gerar maior percepção em relação a um bebê ainda no útero. A Mood foi genial nesta campanha, pois além de alcançar as mães participantes do filme, alcança tbm através da emoção transmitida, as outras mães que assistem o vídeo, seu público alvo.

    ResponderExcluir
  67. A ação da marca Huggies foi uma sacado ótima, ao fazer com que uma mãe que possui deficiência visual possa utilizar do seu sentido mais apurado que é o tato para que possa sentir como realmente é seu bebê. O uso da percepção, que é a captação de certos sentidos, fez com que a Mood desenvolvesse uma campanha muito boa, mostrando uma estratégia incrível de marca e que também acaba por tocar de forma sentimental o seu público.

    Jéssica Goulart Costa - Publicidade e Propaganda - 6º período - noturno

    ResponderExcluir
  68. A percepção está ligada aos nosso sentidos e justamente com eles que o comercial da Huggies impactou, a marca utilizou o brandsense e conseguiu interagir tanto com as mães que são deficientes visuais quanto com as que não são. A marca usou a percepção em todos os sentidos e fez uma campanha que emocionou o público.

    Sara Marques - pp manhã

    ResponderExcluir
  69. As impressões que ficam sobre esse produto,concertesa são as melhoras, pois e uma marca forte fora do brasil e no momento esta buscando espaço aqui, a divulgação e sacada na divulgação foi sensacional, através da campanha de marketing, estão mostrando o quão o seu produto e diferente, e o que ele tem a proporcionar a seus consumidores, e de uma forma inovadora atingiu um publico em especifico que nunca teve um carinho especial voltado a eles, que são os portadores de deficiência visual, gostei muito da campanha, trabalhar o sentido como foco principal foi inovador no conceito usado, e inovador, pois as campanhas e pesquisas feitas com esse contexto sempre foram muito batidas. a Huggies está de parabéns!

    Márcia Oliveira, pp, sexto período, manhã.

    ResponderExcluir
  70. A percepção é a capacidade de absorver e organizar informações e a campanha da Huggies conseguiu transmitir ao público de forma extremamente emocioal, a percepção inédita de uma mãe tocar seu bebê ainda no útero. Sensibilizando a todos que assistem ao comercial, fazendo com que ocorra uma identificação com a marca ao gerar emoções.

    ResponderExcluir
  71. A percepção, do ponto de vista publicitário, é o ponto mais forte a ser atingido para criar um campanha de sucesso, assim a marca ao criar esta propaganda que com certeza mexe com qualquer publico, independente de ter filhos ou não, gera a empatia do consumidor com a marca e ao associar em um mesmo anuncio esta campanha com seu novo produto faz com que o consumidor tenha uma lembrança por associação. Sempre que ver o produto ele irá ao menos ter a lembrança da propaganda ou da sensação que foi passada a ele naquele momento.

    Matheus Lucas Paiva - 6° período Publicidade e Propaganda - Noite

    ResponderExcluir
  72. A percepção, do ponto de vista publicitário, é o ponto mais forte a ser atingido para criar um campanha de sucesso, assim a marca ao criar esta propaganda que com certeza mexe com qualquer publico, independente de ter filhos ou não, gera a empatia do consumidor com a marca e ao associar em um mesmo anuncio esta campanha com seu novo produto faz com que o consumidor tenha uma lembrança por associação. Sempre que ver o produto ele irá ao menos ter a lembrança da propaganda ou da sensação que foi passada a ele naquele momento.

    Matheus Lucas Paiva - 6° período Publicidade e Propaganda - Noite

    ResponderExcluir
  73. A forma como a publicidade pode atingir um publico com uma campanha e uma marca. Criar uma propaganda desse tipo e impressionar o publico alvo mostra como gera uma certa sensibilidade diante do produto apresentado e sempre associando o consumior a lembrar de algo e comercializar tal produto.

    Lorena K. Luiz dos Santos, 6° periodo. PP // NOITE!

    ResponderExcluir
  74. A marca Huggies conseguiu enxergar na percepção a estratégia ideal para criar uma campanha direcionada aos deficientes visuais, sendo esta uma sacada muito inteligente, já que os meios para se comunicar com este público específico são limitados. Desta forma, eles também conseguiram atingir outros diversos públicos, pela carga emotiva que a campanha traz, além de promover a inclusão, o que é o mais importante. Portanto, a marca está de parabéns.

    Rafaella Avelar Cândido
    Publicidade e Propaganda
    6º período - Manhã

    ResponderExcluir
  75. A evolução do conceito de marketing e da forma de estruturação das marcas que existem atualmente possibilitou ao universo publicitário um crescimento em relação às formas comunicacionais de interlocução com o consumidor. As empresas entenderam que, mais do que o trabalho que realmente se realiza, o maior fator envolvido em um momento de consumo é a percepção que o público-alvo tem daquela marca.
    É necessário inovar e levar ao seu produto uma característica positiva que se queira colocar como ponto principal de associação. O entendimento deste ponto atual é o que permite uma campanha como a mostrada acima, que leva em consideração o sentimento do consumidor e a forma que ele tem de entender a marca. Associá-la com causas sociais, emoção positiva e inovação é uma ótima maneira de trazer para a Huggies boas percepções e, consequentemente, fazer com que o consumidor entenda a marca de uma maneira positiva.

    Luísa Volponi
    6º Período - Noite
    Publicidade e Propaganda

    ResponderExcluir
  76. No vídeo da campanha é notável o uso da percepção. Da mesma forma que a mãe com deficiência visual usou os sentidos para perceber seu filho, usamos o estímulo para tomar consciência de algo. Nessa campanha o uso da percepção foi usado de forma muito apropriada e válida, e o uso dessa tática, quando feito de forma correta, pode trazer bons resultados.

    Thais Marques Carvalho
    PP-Noite

    ResponderExcluir
  77. A percepção através dos sentidos dentro da publicidade quando bem explorada pode trazer resultados incríveis que vão bem além da necessidade de consumo como mostra no vídeo. Chama atenção para outros sentidos além da visão reforçando que é necessário não só fazer com que o público alvo veja mas que ele se sinta tocado de alguma forma.

    Gabriela Oliveira
    6 período, PP manhã

    ResponderExcluir
  78. A percepção é a interpretação de certos estímulos como tato, paladar, visão
    A Huggies acertou em cheio na sua campanha “Conhecendo Murilo”,pois mostra claramente a percepção que a mãe que é deficiente visual junto ao seu filho. A campanha com certeza teve um grande impacto na sociedade e nos mostra que podemos usar nossa percepção no nosso dia-a-dia.

    Nayara Caroline Soares
    6º Periodo - Publicidade - Manhã

    ResponderExcluir
  79. A marca Huggies usou uma estrategia muito eficaz em relação as mães gestantes que são portadoras da deficiência visual,essa estrategia deixa claro o poder da percepção ao proporcionar um momento único para uma mãe através do tato. Uma ótima sacada da marca.


    Carolina Soares
    6° Período - Publicidade e Propaganda - Manhã.

    ResponderExcluir
  80. A combinação entre percepção e publicidade é algo cada vez mais inovador, A percepção pode ser descrita como a forma como vemos o mundo à nossa volta e a marca Huggies pensou além disso, fazendo da percepção uma sensação, usando de várias estratégias a marca consegue usar a perfeita união de sentimento e tato, criando mais uma possibilidade de emoção.
    Victor Miranda Teixeira PP- MANHÃ

    ResponderExcluir
  81. A percepção é um processo dinâmico de significação de materiais brutos vindos do meio ambiente. Ou seja a interpretação de estímulos externos, que de acordo com a psicologia é uma reação automática que se apresenta de acordo com os sentidos.

    Podemos destacar como características da Percepção:

    • Subjetividade
    • Seleção
    • Simplificadora
    • Limitada
    • Cumulativa

    No anúncio fica perceptível a emoção da mãe ao passar pelo menos pela fase da Percepção, onde ela tem uma ideia de como seu filho será.

    Wanderson Medeiros
    Publicidade e Propaganda|6º período|Manhã

    ResponderExcluir
  82. A percepção é uma das vias mais importantes para a comunicação atual.
    Uma boa campanha deve ser capaz de tocar o seu interlocutor, não apenas sendo vista por ele e destaca de outras, ela precisa apresentar "algo a mais".
    É comum nos depararmos com campanhas "bonitinhas", que nos levam a pensar na vida, mas logo depois isso acaba no esquecimendo.
    Acredito que a percepção vem para suprir a memória a longo prazo, onde as pessoas se vêem nas peças e assimilam sua mensagem.
    Um case de sucesso, não é o que recebeu mais prêmios, mas o que tocou mais corações.

    Pedro Gomes
    Publicidade e Propaganda
    6o Período- Noite

    ResponderExcluir
  83. Nessa campanha o uso da percepção foi usado da maneira mais conveniente possível, pois além de ter sido colocado de uma maneira bem criativa, ela usa uma pessoa que tem deficiência visual para que ela possa imaginar/perceber como será o filho, o que causa uma emoção muito grande para quem assiste o vídeo.



    Nathália Nogueira
    Publicidade e Propaganda
    6o Período - Noite

    ResponderExcluir
  84. É conhecido por percepção estímulos sensoriais transformados em consciência. É a tomada de consciente do meio ambiente. Ao interpretar algo usamos de pontos de referência (uma vez que a percepção deve ser pessoal, subjetiva, depende do contexto, depende do estado de espírito, simplificadora, cumulativa, limitada ao tempo, seletiva). A percepção é ativada por motivação, desejo, necessidade. Com base em tais informações compreendidas em sala de aula, partimos da análise de que a agência Mood, ao colocar em prática a campanha "Conhecendo Murilo" para a anunciante em questão, utilizou da emoção afim de interferir no processo de retenção de informação. Não somente pelo fato de utilizar da emoção, mas ainda em ressaltar o pioneirismo de uma marca em utilizar uma tecnologia recente a fim de divulgar seu produto de uma forma diferenciada.

    Guilherme Lacerda
    Publicidade e Propaganda | Noite

    ResponderExcluir
  85. A agência Mood utilizou da tática de percepção emocional para realizar uma campanha com intuito extremamente emocional e tocante. A percepção e a publicidade são ferramentas que caminham e muito bem juntas. Propagandas que utilizam de elementos da percepção, geralmente atingem um grande acervo perante o público. O consumidor percebe a partir dos estímulos.

    Bianca Moreira
    Publicidade Manhã

    ResponderExcluir
  86. A campanha cria um clima para sensibilizar o seu público através do ambiente, angulos e sons do VT. Explicita também que a percepção é formada por vários sentidos do ser humano que a falta de algum sentido não faz com que a pessoa perca a capacidade de perceber o ambiente a seu redor, a pessoa apura os otros sentidos para suprir a falta dos outros. No exemplo da Huggies a falta de visão da mãe é compensada pelo tato mais apurado podendo fazer que ela "veja" o seu filho que estar pra nascer ao tocar o ultrassom em 3D.

    Rafael Antonio
    PP Manhã 5º período

    ResponderExcluir
  87. Campanhas que atingem o emocional das pessoas são sempre marcantes, apesar de estar ligada a percepção e aos sentidos o emocional das pessoas automaticamente é tocado no momento que a mãe toca no rosto do bebê, campanhas assim são sempre marcantes e são uma ótima forma de lembrança da marca.
    Leonardo Rodrigues
    6º per. noite

    ResponderExcluir
  88. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  89. A publicidade usa de inúmeras estratégias para fazer com que as pessoas percebam um produto ou serviço.E a agência Mood com essa propaganda vai além do valor material, com esse recurso tecnológico.
    Usam a percepção sensorial, que no caso é de extrema importância para deficientes visuais em um momento de emoção elevada para mães que durante a gestação sonham em ver/sentir/ouvir seu bebê. Foi uma oportunidade de grande valor para essa mãe deficiente visual e assim, criaram uma conexão com esse público,com as mães em geral e principalmente deficientes visuais. Além de tocar muitas pessoas pela empatia.

    Ir além com a publicidade é de extrema importância e sempre vai ser um diferencial.
    É o que fará com que a marca, o produto seja lembrado por conta de um comercial, uma campanha e a emoção causada.Próximo a datas como o dia das mães, sempre vemos inúmeras campanhas, e se destacar diante delas faz necessário de que a marca, agência e todos os publicitários envolvidos saim do óbvio e sejam bastantes criativos, assim como os profissionais envolvidos nessa campanha, "Conhecendo Murilo".

    Thainara Alves - Publicidade e Propaganda/6º - Manhã

    ResponderExcluir
  90. Num mercado que apresenta mais commodities e venda de produtos cada vez pensadas em vender o produto é si, a experiencia sensorial como az parte das experiências diárias e, além de captadora de sensações físicas, também via de transmissão cultural traz a publicidade, aspectos informacionais que realçam a percepção do consumidor. Entender que tal marca desmastra certas preocupações criam uma afinidade com o cliente, que pode criar confiança e ser o potencial competitivo para justificar preços.
    Wendrick Ribeiro
    Publicidade e Propaganda/6º Noite

    ResponderExcluir
  91. A percepção é algo que eu posso chamar de magnifico. Ela desperta uma sensação na sociedade. Trabalhar em cima desses sentidos pode sensibilizar uma parcela populacional.

    Paulo Henrique França dos Santos
    PP - manhã
    6 periodo

    ResponderExcluir
  92. Campanhas publicitarias verdadeiras, que tocam o emocional das pessoas e provocam percepções boas, geram um grau de empatia pela marca, e reconhecimento inenarrável, dificilmente alguém que assista esse comercial não vá se emocionar, e criar o elo com a empresa.

    Cristiane Martins de Brito
    PP- manhã| 6 período.

    ResponderExcluir
  93. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  94. A forma como interpretamos uma campanha faz toda a diferença na nossa decisão de compra e em como percebemos uma marca. A Huggies foi muito feliz na campanha, já que através do filme publicitário faz com que o público tenha uma percepção positiva da marca causada pela associação afetiva que ela traz em sua mensagem.

    Glauco Saldanha
    PP - 6° NOITE

    ResponderExcluir
  95. A Campanha “Conheça o Murilo” foi sem dúvidas emocionante e a Huggies foi muito inteligente em produzir uma campanha como essa. A forma como foi utilizada a percepção e a sua importância ressaltada principalmente para as mães deficientes visuais. Foi realmente algo que tocou o público pela mensagem transmitida . Enilda Heloisa Rodrigues 6° período - PP Manhã.

    ResponderExcluir
  96. E algo muito bom de ver como tais recursos tecnológicos podem contribuir de forma tao relevante para as pessoas. Ultrapassando o lado material mas utilizando também a sensibilidade e a emoção.

    ResponderExcluir
  97. O marketing sensorial tem como principal objetivo ligar emocionalmente o consumidor à empresa. Promovendo através de uma experiência sensorial, uma fixação da marca na mente do consumidor gerando assim um vínculo emocional. Na publicidade é sempre primordial, saber alcançar todo o tipo de consumidor a grande sacada da agencia foi trazer a inclusão, a acessibilidade às mães deficientes visuais que se emocionam profundamente ao sentirem os rostos de seus filhos através do tato.
    Juliana Collares
    PP- Manhã

    ResponderExcluir
  98. A percepção e a capacidade de se observar e organizar as informações a campanha da Huggies ela conseguiu transmitir ao publico de forma muito emocionante, a mãe tocar o bebê ainda no útero e algo muito incrível de ver e uma emoção incrível.
    Todos os que assistem esse comercial, o comercial ele faz com que você se identificação com a marca, pois ela transmite uma grande emoção.
    Caroline D Jesus
    manhã

    ResponderExcluir
  99. Na campanha, a marca Huggies usou o marketing sensorial aos extremos, conseguindo obter um resultado relativamente bom com o vt.
    Com a 'impressao' da face do bebe a mae pode sentir, perceber e tocar o seu filho pela primeira vez, como se fosse uma especie de ultrassom em 3D, coisa que nao sao todas as maes que possuem deficiencias visuais poderao ter.
    A data escolhida, o dia das maes, ajudou comover ainda mais pessoas, fazendo que o video viralizasse e passando o sentimento as pessoas atraves do audiovisual.
    Thayna Lima 6 periodo manha

    ResponderExcluir
  100. Na campanha, a marca Huggies usou o marketing sensorial aos extremos, conseguindo obter um resultado relativamente bom com o vt.
    Com a 'impressao' da face do bebe a mae pode sentir, perceber e tocar o seu filho pela primeira vez, como se fosse uma especie de ultrassom em 3D, coisa que nao sao todas as maes que possuem deficiencias visuais poderao ter.
    A data escolhida, o dia das maes, ajudou comover ainda mais pessoas, fazendo que o video viralizasse e passando o sentimento as pessoas atraves do audiovisual.
    Thayna Lima 6 periodo manha

    ResponderExcluir
  101. O Marketing Sensorial busca explorar o sentidos de forma que o consumidor fique mais aberto e propenso a construir um relacionamento positivo com a marca. A Agência Mood acertou em cheio ao utilizar esta estratégia em um momento de grande importância e emoção para as mães, o momento de ver/sentir/ouvir seu bebê, e mais ainda ao acertar com inovação um público diferente, os deficientes visuais, fugindo da tradicional propaganda com mensagens fofas de dia das mães. A propaganda foi muito além de um narrador com imagens bonitas, ela permitiu que as mães tocassem e fossem tocadas, sejam elas deficientes visuais ou não.

    Palloma Alves
    PP - 6º Período - Manhã

    ResponderExcluir
  102. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  103. Impossível não sensibilizar ao assistir o vt da campanha “Conheça o Murilo”. E a percepção causa essa sensibilidade durante e após o vt, e não preciso ser mãe para me sentir tocada.Eu me senti mais sensível, pois recebi o prazer de ser madrinha de uma linda menina e acho que essa experiência foi fundamental para a minha análise, sendo a minha percepção diferente dos demais. E a abordagem da marca Huggies foi crucial para deixa a imagem em que a marca gostaria de agregar e trazendo a satisfação com a marca.

    Clara Silva Dos Reis. PP Manhã 6 período

    ResponderExcluir
  104. Impossível não sensibilizar ao assistir o vt da campanha “Conheça o Murilo”. E a percepção causa essa sensibilidade durante e após o vt, e não preciso ser mãe para me sentir tocada.Eu me senti mais sensível, pois recebi o prazer de ser madrinha de uma linda menina e acho que essa experiência foi fundamental para a minha análise, sendo a minha percepção diferente dos demais. E a abordagem da marca Huggies foi crucial para deixa a imagem em que a marca gostaria de agregar e trazendo a satisfação com a marca.

    Clara Silva Dos Reis. PP Manhã 6 período

    ResponderExcluir
  105. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  106. Na campanha, a Huggies consegue usar de forma ousada e inovadora, como coloca o sócio da empresa, a estratégia de exploração a percepção sensorial. A ação pioneira busca no sentimento do público a retenção das informações que a Huggies pretende passar. A agência Mood mostra que limites são feitos para serem superados, e ao abordar uma deficiente visual conseguindo “ver” por meio do toque o seu filho, a marca consegue conquistar o público de inúmeras maneiras, gerando laços de fé, confiança e empatia.

    Victor Alves A. Soares - PP 6ºPeríodo - Manhã

    ResponderExcluir
  107. A Huggies trabalhou de uma forma nova e incrível nessa campanha. O fato da mãe não ter o sentido da visão faz com que ela tenha uma ansiedade (talvez maior que a de outras mães) pelo nascimento do filho para que ela possa tocá-lo e senti-lo, já que não pode vê-lo durante os ultrassons. Tornar isso palpável antes do nascimento foi uma das formas utilizadas para que ela pudesse 'ver' o seu filho à sua maneira. É emocionante e muito sensível a delicadeza dessa experiência.

    Andreza Vieira
    PP - Noite

    ResponderExcluir
  108. A percepção foi usada na campanha de modo intuitivo, ligado a consciência e impressão da mãe, que por ser cega não pode ver como é o rosto do filho por meio do ultrassom que é basicamente o meio das mães terem uma noção de como são os bebes antes de nasceram, e a empresa conseguiu tocar em algo que é de grande importância para todas as mães, e tornaram possível também para as que são cegas, através dos próprios detalhes que elas descrevem de a cordo com sua imaginação, percepção, estimulando a compra de produtos da marca por tocar emocionalmente em um momento único da vida de muitas mulheres.

    Mariana Paiva - PP - Noite

    ResponderExcluir
  109. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  110. A Huggies trabalhou de forma não obvia a percepção daquela mãe, pois poderiam ativar a percepção através do áudio o que não proporcionaria a mesma emoção aquela mãe. O sentido do tato traz uma ideia mais profunda e intima do que era o filho que ainda estava sendo gerado, acredito que a profundidade da campanha esteja na escolha dos sentido pelo qual seria ativado a percepção.

    Sabrine Medina - PP- NOITE

    ResponderExcluir
  111. A Huggies, em sua campanha mostrou que a percepção atribui significado a estímulos sensoriais, como ela torna estimulo em sentimento, focou na emoção e a partir do estimulo tomou-se consciência do algo.

    John Warlley Peres da Cunha
    Publicidade e Propaganda | Noite | 6ºPeríodo

    ResponderExcluir
  112. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  113. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  114. Gerar percepção em seus clientes é uma ferramenta muito importante no quesito estratégias do marketing, na qual busca-se estimular o cliente através dos sentidos, um contexto bem abrangente de metodologias que procuram trabalhar circunstâncias que propiciem uma experiencia de seus cliente, nos diversos aspectos, sendo evidente o foco em estimulos emocionais presente na campanha.

    Tiago Martins Teixeira
    RA:31119332
    Publicidade e Propaganda
    Noite 6ºPeríodo

    ResponderExcluir
  115. Creio que o mercado de produtos de bens atualmente se encontra bem saturado, uma saída que grandes marcas vem se utilizando, a venda de valores, sensações experiências, uma união que vem dando certo até o momento que o marketing sensorial junto a percepção do público. A exemplo da Huggies, ela conseguiu proporcionar para essas mães, uma sensação a qual elas dificilmente irão esquecer, e sempre que lembrarem daquele momento, de sentir seu filho pela primeira vez, ela se lembram também da empresa que proporcionou isto pra ela.

    Victor Gomes
    RA:31412069
    Publicidade e Propaganda
    Noite 5ºPeríodo

    ResponderExcluir
  116. A percepção é a interpretação de certos estímulos, é a maneira que qualificamos as coisas do mundo e em nós.

    Na campanha apresentará, observa-se o uso da percepção sensorial juntamente com o fator emocional. Pois através da mãe -cega- que não podia ver seu bebê, ela conseguiu sentir pelo toque e o imaginou como seria.

    campamha super emocionante criando proximidade e laços entre empresa e cliente.

    Luiza Kolanscki
    Publicidade - noite
    6 período

    ResponderExcluir